Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Novembro de consciência e diversidade

  • Publicado: Terça, 04 de Dezembro de 2018, 14h23
  • Última atualização em Segunda, 17 de Dezembro de 2018, 08h42

Três dias de palestras, debates e apresentações culturais marcaram a Semana da Diversidade, promovida pelo Campus Congonhas entre os dias 6 e 8 de novembro. Abertas à comunidade e com entrada gratuita, todas as atividades desenvolvidas ao longo desses três dias são oriundas  do projeto de Extensão “Valorização da Diversidade no Ambiente Escolar”.

Congonhas não foi um caso isolado. Pelo contrário! Inúmeras atividades com foco em temáticas parecidas foram promovidas em quase todos os campi do IFMG ao longo do mês de novembro. Em Valadares, o tema “Negras no poder: racismo, gênero e empoderamento”  foi o eixo das discussões e atividades da IV Semana da Consciência Negra, entre  os dias 6 e 8/11. De 20 a 23, a III Semana da Diversidade, Arte e Cultura foi realizada no Campus Ipatinga, que  homenageou a escritora Maria Carolina de Jesus.

Novembro de consciência e diversidade 01

No Campus Ouro Preto, a XII Semana de Cultura Afro-Brasileira e Africana  extrapolou os limites unidade, já que era parte de algo ainda maior: o Novembro Negro, evento que promoveu dezenas de atrações pela cidade ao longo de todo o mês. O projeto é uma realização de diversos grupos militantes da promoção da igualdade racial, em parceria com instituições como o IFMG e a Prefeitura Municipal.

“Novembro Negro” foi também o nome escolhido para as atividades culturais promovidas pelo Campus Bambuí entre os dias 29 e 30/11. O evento homenageou o compositor, percussionista, artesão, educador e mestre de capoeira da cidade de Salvador, a Mestre Moa do Katendê, assassinado em outubro. Em sua página na internet, o Campus lembra o disposto na Lei 10.639/03, que determina em seu artigo 26: “os conteúdos referentes à História e Cultura Afro-Brasileira serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial nas áreas de Educação Artística e de Literatura e História Brasileiras”.

Novembro de consciência e diversidade 02

Novembro de consciência e diversidade 03 Novembro de consciência e diversidade 04

“Embora novembro tenha se tornado um momento de reflexão obrigatória, sempre ressalto a importância de se trabalhar a cultura e a arte relacionadas às questões negras o ano inteiro, e a escola não pode ficar de fora”, lembra Aline Arruda, presidente da comissão organizadora da III Semana da Consciência Negra do Campus Betim. Lá, a III Semana da Consciência Negra aconteceu entre os dias  12 e 14 de novembro e teve como atividades rodas de conversa, oficinas, sarau afro e cinema comentado.

Confira as programações em outros campi do IFMG:

Ouro Branco

Sabará

Santa Luzia

São João Evangelista

Fonte: IFMG - Reitoria

Compartilhe:
Fim do conteúdo da página