pakistani old xxx video com Xxx Video xxx Pornium Okfap Porn Video Hd Porn Xxx
Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Dia Nacional da Saúde e Nutrição e dia de conscientização sobre as desigualdades no Brasil

  • Publicado: Quarta, 31 de Março de 2021, 15h33
  • Última atualização em Quarta, 31 de Março de 2021, 15h48

Dia 31 de março é o Dia Nacional da Saúde e Nutrição. Já o dia 06 de abril é o Dia Mundial da Atividade Física e dia 7 de abril é o Dia Mundial da Saúde. Chamo atenção para estas datas pois são essenciais para conscientizar a população a respeito da qualidade de vida* e dos diferentes fatores que afetam a saúde* populacional, alertando sobre riscos e ensinando sobre prevenção.

Com a pandemia, observamos que comunidades que já eram vulneráveis estão mais expostas ao Covid-19, com maior probabilidade de sofrer consequências adversas como um resultado das medidas implementadas para conter a disseminação do novo Coronavírus. 

No Brasil, pessoas lutam para sobreviver com pouca renda diária, têm condições precárias de habitação e educação, menos oportunidades de emprego, enfrentam maior desigualdade de gênero e têm pouco ou nenhum acesso a ambientes seguros, alimentação e serviços de saúde. Isso leva a um sofrimento desnecessário, doenças evitáveis e morte prematura, além de outros prejuízos de ordem econômica e social.

Então, como conscientizar as pessoas sobre os fatores que interferem na qualidade de vida, se a maioria da população brasileira não tem acesso a boas condições de saúde, moradia, transporte, segurança, saneamento, alimentação, lazer, trabalho e educação?

Segundo a OMS, isso não é apenas injusto: é evitável. Por isso, o Dia Mundial da Saúde de 2021 é destinado a discutir sobre o tema: construindo um mundo mais justo e saudável. A OMS pede aos líderes de todos os países do mundo que garantam que todos tenham condições de vida e de trabalho que favoreçam uma boa saúde. Ao mesmo tempo, pedem aos líderes que monitorem as iniquidades em saúde e garantam que todas as pessoas tenham acesso a serviços de saúde de qualidade quando e onde precisarem. 

De acordo com a Constituição Federal brasileira de 1988 e com a Lei nº 8.080, de 1990, a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. A lei também enfoca que, para haver saúde, alguns fatores são determinantes, tais como: a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, a atividade física, o transporte, o lazer, e o acesso aos bens e serviços essenciais. O papel do Estado para garantir o bem-estar da população é fundamental, pois é ele o responsável pela qualidade de vida de cada cidadão.

A pandemia colocou em evidência as desigualdades sociais e econômicas da maioria da população brasileira e não podemos ficar inerentes a esta situação. Portanto, neste 31 de março, Dia Nacional da Saúde e Nutrição, é fundamental que, além de refletirmos sobre a nossa saúde, alimentação e adotar as medidas de prevenção necessárias para conter a pandemia, participemos da luta por melhorias em nosso país. Vale lembrar que não devemos procurar melhorias apenas em hospitais, devemos cobrar dos nossos líderes mais segurança, educação, lazer, cultura, entre outros direitos básicos e fundamentais para alcançarmos, de fato a saúde, ou seja, o completo bem-estar individual e social.

 

Referências: 

World Health Organization. World Health Day. WHO, 2021. Disponível em: http://www.paho.org/en/campaigns/world-health-day-2021-building-fairer-healthier-world. Acesso em: 29 de março de 2021.

 

*Saúde: Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde pode ser definida como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não consiste apenas na ausência de doença ou de enfermidade”.  Isso quer dizer que Saúde é um conjunto de outros aspectos de nossa vida que levam a um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Uma pessoa saudável não é apenas aquela que não apresenta doença, mas, sim, aquela que está bem consigo mesma e também apresenta uma boa relação com a sociedade. 

*Qualidade de Vida: é uma percepção individual referente a aspectos gerais da vida pessoal: condições de saúde, ambiente (moradia, transporte, segurança, saneamento), alimentação, lazer, relacionamentos (família/amigos), espiritualidade, trabalho/educação. Todos estes fatores influenciam a qualidade de vida. É bastante complexo considerar uma pessoa como saudável se ela não apresenta qualidade de vida e não vive em um ambiente harmonioso. Além disso, para promover a qualidade de vida é necessário considerar os diversos fatores que fazem parte da vida cotidiana (Estilo de vida*).

*Estilo de vida: é um conjunto de ações cotidianas (hábitos) que reflete as atitudes e valores das pessoas, que podem ter efeito profundo na saúde dos seres humanos, além de estar relacionado com diversos aspectos que refletem as atitudes, os valores e as oportunidades na vida das pessoas. O Estilo de vida afeta diretamente a saúde e assim, influencia a qualidade de vida. 

 

RAP DA SAÚDE

Júlio César dos Santos

  

É não estar doente

Você pode até pensar

Mas, para gente é diferente

Tem a ver com o bem estar

 

Tem que ter um equilíbrio

Entre o físico e o mental

Mas também não é só isso

Tem o lado social

 

Ter saúde só é possível

Se nos olharmos como um todo

Com um governo sensível

Para como vive o povo

 

Investir em saneamento

Em espaços de lazer

Combater o desmatamento

E não se corromper

 

A saúde caro fica

Para o povo e para a Nação

Se quer saúde, fica a dica

 

Invista em Educação

Fonte: Núcleo de Educação Física e setor de Esporte e Lazer

Compartilhe:
registrado em:
Fim do conteúdo da página