Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Sistema de Gestão de Doações de Alimentos - SysBMA é desenvolvido por Professor e Aluno do IFMG

  • Publicado: Segunda, 13 de Julho de 2020, 13h21
  • Última atualização em Sexta, 17 de Julho de 2020, 13h40

Sistema para auxílio na gestão de doações de alimentos durante a pandemia de COVID é desenvolvido por Professor e Aluno da Engenharia de Computação do IFMG - Campus Bambuí

A doação de cestas básicas, cestas verdes e muitos outros tipos de alimentos é uma prática comum entre entidades beneficentes, governamentais ou não, bem como dos Centros de Referência de Assistência Social de muitas prefeituras ou dos chamados Bancos Municipais de Alimentos (recentemente criados no Brasil).

Durante o período da pandemia de COVID-19, o volume de doações aumentou bastante e o controle manual destas ações tem se tornado inviável em algumas situações. Como consequência, pessoas já atendidas por alguma entidade podem se beneficiar novamente antes de que outras pessoas sejam também atendidas. Diante dessa situação, o Prof. Gabriel da Silva, do Núcleo de Computação do IFMG - Campus Bambuí, foi contatado pelo senhor Anuar Teodoro Alves, Diretor de Segurança Alimentar e responsável pelo Banco Municipal de Alimentos de Formiga-MG, cidade natal do professor, a fim de que ele verificasse a possibilidade de desenvolvimento de um sistema que auxiliasse esta gestão.

Segundo Anuar Alves, o Banco de Alimentos de Formiga é um equipamento público que tem como missão o combate à fome e ao desperdício de alimentos. Nesse período de pandemia causado pela COVID-19, a demanda por alimentos cresceu muito no município e com a ajuda de muitos parceiros temos conseguido atender. Para que possamos ter um controle eficaz das doações de cestas básicas e cestas verdes, necessitamos de uma ferramenta para controle, uma vez que desde o início da pandemia já foram doadas mais de 7000 cestas verdes e 1775 cestas básicas. Para atender a essa necessidade, entrei em contato com meu amigo Gabriel, colega de faculdade e professor do IFMG - Campus Bambuí e relatei nossa demanda. Ele prontamente se dispôs a ajudar e está desenvolvendo o nosso Sistema de Gestão de Doações - SysBMA, que já se encontra em fase de testes e está nos ajudando muito no controle das doações, fazendo assim com que o alimento possa ser distribuído de maneira mais justa, chegando realmente a quem mais necessita. Minha gratidão ao amigo Gabriel e a todos os envolvidos no projeto.

O Prof. Gabriel informou que o trabalho realizado até o momento é embrionário e foi desenvolvido como uma atividade do Grupo de Pesquisa em Sistemas Computacionais – GPSisCom, do qual é líder, contando com a participação do aluno Julio Cezar Coutinho de Oliveira, da Engenharia de Computação. A experiência junto ao Banco Municipal de Alimentos está sendo utilizada para teste e validação do sistema. A solução desenvolvida trata-se de um sistema de plataforma híbrida, que funciona tanto na web quanto em smartphones. Sua interface é bem simples, contando apenas com elementos essenciais para a realização das operações necessárias. A seguir, são apresentadas imagens do sistema no celular e na Web.

Figuras 1, 2 e 3 – Janelas do aplicativo acessado pelo celular

SysBMA Fig1 TelaLogin CelularSysBMA Fig2 TelaLogin CelularSysBMA Fig3 TelaPrincipal Celular

Figuras 4 e 5 – Janelas do sistema acessado na web pelo computador

SysBMA Fig4 TelaLogin WebSysBMA Fig5 TelaPrincipal Web

O professor informou ainda que, a partir desta demanda, vislumbrou a oportunidade de criação de um projeto maior que também implemente outras funcionalidades que podem auxiliar este tipo de entidade beneficente e fará a submissão deste projeto no edital de fluxo contínuo da Diretoria Inovação, Pesquisa e Pós-Graduação do campus, com o objeto de disponibilizar o produto resultante da sua execução como um software livre e de código aberto, passível de customização e utilização por todas as entidades, prefeituras e demais organizações que realizem este importante trabalho de auxílio a quem precisa. Destacou ainda que, tão logo o sistema alcance uma maturidade mínima, será disponibilizado para utilização por outras entidades.

 

Fonte: Prof. Gabriel da Silva / Relações Institucionais do IFMG  - Campus Bambuí

Compartilhe:
registrado em:
Fim do conteúdo da página