pakistani old xxx video com Xxx Video xxx Pornium Okfap Porn Video Hd Porn Xxx
Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Professora e alunas do Campus Bambuí publicam artigo abordando a representatividade feminina docente na área de Tecnologia e Computação

  • Publicado: Terça, 27 de Julho de 2021, 16h25
  • Última atualização em Quinta, 29 de Julho de 2021, 14h10

O artigo intitulado "ANÁLISE SOBRE A PRESENÇA DAS MULHERES COMO DOCENTES EBTT EM CURSOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA E COMPUTAÇÃO EM INSTITUIÇÕES FEDERAIS DO ESTADO DE MINAS GERAIS.” foi publicado na revista Cadernos de Gênero e Tecnologia pela professora Eliane Cristina de Resende, juntamente com as alunas Tainá Maria Dias de Paula, Yasmin Caroline Miani Cardoso e Talita Gomes da Costa.

O trabalho é fruto do Projeto de Pesquisa “Feminismo acadêmico: presença da mulher no IFMG e suas nuances nas áreas de STEM”, motivado pela necessidade de se refletir e despertar sobre as desigualdades de gênero nos diferentes espaços. O artigo traz um levantamento e reflexões sobre a inserção das mulheres como docentes EBTT em cursos de tecnologia e computação das 6 Instituições Federais do estado de Minas Gerais, sendo elas o CEFET-MG, IFMG, IFNMG, IFSULDEMINAS, IF SUDESTE MG e IFTM. Considerando a estrutura multicampi destas instituições, foram analisadas 32 campi, que ofertam 35 cursos superiores e tecnólogos nas áreas de tecnologia e computação. Verificou-se uma presença feminina reduzida como docente (19,8%) e coordenadoras de curso (14,3%), contudo apesar da presença minoritária, observou que as mulheres possuem um maior nível de formação. Também foi analisado um panorama histórico considerando o ano de entrada no servido público, onde foi observado que mesmo após o marco regulatório de criação dos Institutos Federais, em 2008, não houve mudanças na representatividade feminina nessas instituições para as áreas de tecnologia e computação. Levantamentos como este, contribuem diretamente para a conscientização sobre a desigualdade de gênero, e entender a atual situação de inserção das mulheres como docentes EBTT nos cursos de computação e tecnologia é um passo importante para mudar a realidade, estimulando a participação feminina nestes redutos masculinos.

As autoras destacam ainda sobre a importância de mobilizarmos para criar grupos de apoio à permanência das mulheres em áreas tradicionalmente masculinas. Tais ações podem contribuir diretamente para a conscientização e o empoderamento feminino, que são ferramentas essenciais para mudar o cenário atual.

O artigo pode ser acessado pelo link: clique aqui

Também como fruto deste projeto as autoras publicaram em 2020 o artigo "REFLEXÕES SOBRE A PRESENÇA FEMININA NOS CURSOS SUPERIORES DO IFMG - CAMPUS BAMBUÍ: EM ESPECIAL NA ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO” na revista Feminismos da Universidade Federal da Bahia, que pode ser acessado pelo link: clique aqui.

Fonte: Prof. Eliane Cristina de Resende/ IFMG Campus Bambuí

 

Compartilhe:
registrado em:
Fim do conteúdo da página